Por um mundo sem fome: Fundação Assis Chateaubriand / Projeto Memória promovem concurso de redação sobre Josué de Castro, médico e escritor pernambucano.

Conforme anunciado, tratarei aqui, sempre que possível de temas ligados à(s) cultura(s) de outro(s) estado(s). Em breve, pretendo voltar à Josué, tema inesgotável

“Ô, Josué, nunca vi tamanha desgraça,

quanto mais miséria tem, mais urubu ameaça!”

(Chico Science)

Estão abertas as inscrições para um dos maiores concursos de redação do país; destinado a alunos dos ensinos fundamental, médio e universitário, o Prêmio Nacional Assis Chateaubriand de Redação / Projeto Memória distribuirá prêmios de até R$ 8.000.

O material deve ser entregue/enviado, via correios ou eletronicamente até o dia 31/8; a premiação ocorrerá em novembro. O tema dos trabalhos é “Josué de Castro: por um mundo sem fome”.

O regulamento pode ser solicitado pelo e-mail zema_ribeiro@yahoo.com.br ou em visita aos sítios http://www.josuedecastro.com.br e http://fac.correioweb.com.br

SHOPPING BRAZIL – O BLOG: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES NECESSÁRIAS

por Zema Ribeiro

Finalmente chega ao mercado o primeiro disco de Cesar Teixeira: Shopping Brazil é, com certeza, o trabalho mais esperado de todos os tempos no cenário musical maranhense. De carona, lanço Shopping Brazil, um blog nada esperado. É uma surpresa até mesmo para o presente missivista. Algumas considerações se fazem necessárias, e apesar de saber ser impossível tecer todas, tento, pelo menos algumas por ora (coloco-me à disposição para maiores informações, públicas ou não, pelo e-mail zema_ribeiro@yahoo.com.br)

Editei entre 9/10/2002 e 19/12/2003 – por coincidência data de meu aniversário – uma lista eletrônica, batizada Olho de Boi, carona que peguei na composição homônima de Gildomar Marinho que, tempos antes, havia batizado-me Zema. “Um olho de boi chegou lá do Maranhão…” diz sua letra.

A proposta de Shopping Brazil (o blog) é a mesma da – agora extinta – lista: difundir a cultura maranhense. Aqui, porém, estarei, vez em quando, escrevendo também sobre a(s) cultura(s) de outros estados.

FIM DA LISTA

A lista Olho de Boi teve seu fim quando, por motivo de força maior, tive que mudar sua hospedagem; com isso, o número de adesões (eram cento e cinqüenta assinantes, aproximadamente) diminuiu bastante e, como detestamos spams, preferi perdê-los, digamos assim, a forçá-los a continuar. A sinceridade por que tanto prezo, talvez seja encontrada com mais facilidade no presente blog, que tentarei atualizar com certa freqüência, em respeito a quem nos acompanha nessa árdua batalha.

Fica aqui, mais uma vez o meu apelo: visitem (e voltem) sempre, mostrem a um amigo, divulguem. Essa lista é para (e por) vocês.

Colaborações podem ser enviadas pelo e-mail zema_ribeiro@yahoo.com.br

AGRADECIMENTOS E HOMENAGENS

(Esta lista não existiria, se não existissem vocês)

Obrigado: Alberico Carneiro, Ana Paula de Oliveira Teixeira, Andrezza Cerveira, Antonio Viana (vovô), Antonio Vieira, Arinildeni, Beto e a galera do Nego Ka’apor, Bira Milhomem, Célio R. Muniz, Celso Borges, Cesar Teixeira, Che Guevara, Chico Nô, Chico Saldanha, Chico Science e a moçada da Nação Zumbi, Clarício Filho, Coxinho, Daffé, Eduardo Júlio, Edvaldo Sousa Barros, Erasmo Dibell, Fábio Trummer e toda Eddie’s Family, Flávio Silveira, Francineide, Fred Zeroquatro e a turma da mundo livre s/a, Frederico Luiz (meu poetinha), Gildomar Marinho (a poesia vestida de homem), Glauco Porto Barreto, Graciana, Gutemberg Bogéa, Hugo (o homem que ri), Ivanildo (Campeão), J. M. Cunha Santos, James Abraão (pai da humanidade), João do Vale, João Guilherme, Joãozinho Ribeiro, Jorges (Ivan e Luiz), Josias Sobrinho, Josué de Castro, Leandro “Léo” Santana, Lidiane Dutra (minha mãe espiritual, em Fortaleza), Lobo e o tambor de Siribeira, Lourdes (do Bar Catarina Mina), Luiza Cristina (que vai fazer a capa do meu primeiro livro, em Fortaleza), Lula (nosso presidente. Força!), Mabuse, Marcos Fábio Belo Matos, Maria Lindozo (vovó), minha família toda (inclusive os parentes mais distantes), Moema (Papiros do Egito), Ná, Nando Cruz, Nauro Machado, Nonato (Companheiro), os feirantes da Praia Grande, Riba (Poeme-se), Ronaldo Bressane, Rose Ferreira, Sérgio Habibe, Solange (minha mãe), Tom Zé, Valente, Vanessa Serra, Wilson Zara, Xico Sá, Yuri Oliveira, Zecas (Baleiro e Tocantins) e um sem-número de irmãos, soltos por esse mundo de meu Deus: impossível colocar aqui todos os nomes que fazem a minha vida.

Obrigado!

Roda Cultural

Projeto, do qual o articulista cultural deste blog é membro da Comissão Organizadora, segue firme em sua segunda edição.

por Zema Ribeiro

Aconteceu no último dia 30, a segunda edição do Roda Cultural, projeto idealizado e desenvolvido pela coordenação do Curso de Comunicação em parceria com alunos do mesmo, da Faculdade São Luís.

Como convidado, o fotógrafo Márcio Vasconcelos debateu o tema “Imagem e Cultura”, sorteando, ao final do acontecimento, dois “Shopping Brazil”, primeiro disco de Cesar Teixeira, do qual Márcio é responsável por toda a produção gráfica.

O evento contou com a presença de um público eclético, envolvendo professores, alunos (inclusive de outras instituições) e a comunidade em geral.

“Estamos conseguindo atingir os objetivos e proposições do projeto, que é promover um debate entre os presentes, mantendo a qualidade no diálogo; não tivemos um auditório lotado, é verdade, mas obtivemos bons resultados”, afirma Rose Ferreira, coordenadora do Curso de Comunicação Social da Faculdade São Luís.

A próxima “Roda” deve acontecer no dia 28/5, última sexta-feira do mês. As propostas para o próximo nome giram em torno de Cláudio Farias (cineasta), Cesar Teixeira (jornalista e compositor) e o Movimento Babaçu Livre; dado o sucesso dos dois primeiros eventos, a comissão organizadora já pensa em “fazer a Roda girar” quinzenalmente. Fica a torcida!

É cultura, tá na “Roda”!

Dicas para a noite desta sexta-feira (30/4):

Dário Ribeiro, Wilson Zara e banda apresentam o show “Blues, Baladas e Reggae”, no Crepes Bier Hauss (Ponta do Farol), a partir das 22h; maiores informações: (98) 9609-8139

Timba apresenta o melhor da MPB no mesmo horário, entre as barracas Landruá Mariscos e Restaurante Pescatore (Av. Litorânea, Calhau); maiores informações: (98) 233-6781

– O Grupo Amigos do Samba apresentam o melhor do samba e pagode no Bar Catarina Mina (Beco Catarina Mina, Praia Grande)

JOÃOZINHO RIBEIRO: VIVA A POESIA! PARABÉNS!

Em 29 de abril de 1955 estreava o menino Joãozinho Ribeiro para os palcos da vida. “Shopping Brazil” presta merecida homenagem ao poeta e sua eterna militância cultural.

Apesar do muito que terei para esclarecer antes de colocar realmente o “Shopping Brazil” em funcionamento, não poderia furtar-me a prestar merecida homenagem a João Batista Ribeiro Filho, o Joãozinho Ribeiro. Parabéns, poeta!

Mais um ano se passou e Joãozinho Ribeiro continuou mostrando o que é fazer arte sem dissociá-la da vida: bacharel em Direito e técnico da Receita Federal, é poeta, compositor, militante e consultor cultural. Tem escrito o livro (inédito) “Paisagem Feita de Tempo”, liderou, entre outubro de 2002 e dezembro do ano passado, o vitorioso projeto “Samba da Minha Terra”, vencedor de três categorias da última edição do Prêmio Universidade FM, o mais importante prêmio concedido a artistas no campo musical no Maranhão: melhor show, melhor músico violonista e melhor produção. Joãozinho é também o principal articulador de importantes acontecimentos como os Fóruns Municipais de Cultura, as Feiras Culturais da Praia Grande, a I Semana Cultural do Desterro e o I Seminário de Desenvolvimento Sustentável Territorial, envolvendo os bairros do Desterro, Portinho e Praia Grande.

Joãozinho Ribeiro é, hoje, talvez, a mais importante personalidade do cenário cultural estadual, tendo sido o único maranhense convidado a participar do último Encontro de Cultura das Cidades, ocorrido no Rio de Janeiro, em novembro passado.

Parabéns, Joãozinho! Paz, saúde e sucesso! E que as idéias continuem férteis a brotar no teu jardim do inesperado. Longa vida à poesia, que é você em pessoa!

2004: é inaugurado o “Shopping Brazil”

Cesar Teixeira, o maior compositor vivo do Maranhão, que completou 51 anos no último dia 15 de abril, lança “Shopping Brazil”, seu primeiro registro fonográfico; Zema Ribeiro, articulista cultural do projeto “Olho de Boi” (que, por incrível que pareça, não morreu!), no embalo, utiliza o nome do disco para lançar um blog com vistas a divulgar a cultura maranhense.

Não me prenderei a padrões acadêmicos, tampouco terei um revisor para os textos aqui publicados. É uma primeira experiência, e esta se dará nos moldes da já citada “Olho de Boi” – lista que elaborei e mantive entre 9/10/2002 e 19/12/2003, quando, infelizmente tive de mudar (por obrigação) de provedor e não obtive um número bom de adesões para continuar a lista em outro; mas isso é uma outra história de que poderei tratar aqui noutra ocasião, oportuna.

Como dito, acima, é um blog que servirá para divulgarmos a cultura maranhense. Nalgum momento, poderemos estar divulgando trabalhos de artistas “bons” de outros estados, promovendo assim (ou tentando) um intercâmbio.

Para a primeira experiência, fico por aqui.

Voltem sempre, e convidem os amigos para uma visita!

Abraço, Zema Ribeiro (98) 9609-8139