Cine MIS exibirá Manuel Bernardino: o Lenin da Matta

[release]

A cineasta Rose Panet. Foto: Zema Ribeiro

 

O documentário Manuel Bernardino: o Lenin da Matta, da cineasta franco-brasileira Rose Panet, será exibido no Cine MIS, dia 24 de março (sábado), às 18h, evento do Museu da Imagem e do Som de São Paulo (Av. Europa, 158, Jd. Europa, São Paulo/SP) – entrada gratuita, retirada de ingressos uma hora antes da sessão, na recepção do MIS.

O telefilme, de 52 minutos, remonta a trajetória do líder camponês, socialista, vegetariano e espírita Manuel Bernardino, que ganhou a alcunha de Lenin da Matta dos jornais “Diário de São Luís” e “A Pacotilha”, na primeira metade do século XX.

A estrutura do roteiro é construída a partir do depoimento do protagonista em uma delegacia de polícia de São Luís em 1921 – o filme é narrado por Zeca Baleiro.

Personagem pouco conhecido, Manuel Bernardino arregimentou cerca de 200 homens para a Coluna Prestes quando da passagem das tropas do “cavaleiro da esperança” pelo Maranhão, talvez o maior contingente do movimento tenentista.

Em 2014 Manuel Bernardino: o Lenin da Matta foi selecionado em edital do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav), através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e está à disposição das emissoras públicas de tevê do Brasil.

O filme foi finalizado e lançado em 2017, já tendo sido exibido pelas tevês UFPE, UFMA, Assembleia (MA) e Rede Minas (MG). Em abril estreará também na TV Senado. Manuel Bernardino: o Lenin da Matta também vem fazendo carreira em festivais: participou da mostra paralela Cinema contra o Golpe, na programação do Curta Canoa, em Aracati/CE, e recebeu menção honrosa no Mumbai International Film Festival, na Índia.

Sobre Rose Panet – Paraibana radicada no Maranhão, Doutora em Antropologia pela École Pratique des Hautes Études (Paris, França), professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), a cineasta realizou mais de 15 curtas-metragens didáticos sobre a questão indígena para a Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc). Finalizou recentemente o curta-metragem Amniogênese, sua estreia na ficção, filme convidado do 5º. Festival Internacional Lume de Cinema, encerrado ontem (21) no Cine Lume. Sua participação no debate após a sessão no Cine MIS tem apoio cultural da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo do Maranhão (Sectur).

Sobre o Cine MIS – O Cine MIS tem por objetivo criar um espaço permanente de lançamento de filmes, de todos os gêneros, captados em qualquer formato, sem limite de duração (curtas, médias e longas-metragens), que ainda não tenham sido exibidos em circuito comercial. Mensalmente são selecionados e exibidos no MIS de dois a cinco filmes realizados por diretores brasileiros, em datas selecionadas pelo Museu.

Autor: zema ribeiro

homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s