Música e poesia de Wilson Zara e Salgado Maranhão visitam Socorro

A Vila Socorro, a 15 km da sede do município de Governador Eugênio Barros/MA, será palco de um raro encontro: neste sábado (10), às 20h, o cantor Wilson Zara e o poeta Salgado Maranhão apresentam-se em uma Noite Cultural, que será realizada na Praça Raimundo Rocha, a praça principal do lugar, em apresentações gratuitas.

A iniciativa é organizada por um grupo de professores. Para um deles, Evando Barros, que ensina alunos do fundamental em Parnarama, o principal objetivo da atividade é “promover o envolvimento cultural, abrir a mente das pessoas”, declarou.

“A cultura musical está muito banalizada, basta ligar o rádio e perceber. De poesia, então, nem se fala. Escolhemos o Zara para mostrar que a música de qualidade ainda persiste, tem espaço. A presença de Salgado Maranhão, poeta nascido na região, também é uma grande honra para nós”, continou Evando.

O poeta Salgado Maranhão em foto de seu fb
O poeta Salgado Maranhão em foto de seu fb

Salgado Maranhão dialogará com os presentes sobre “a poética do retorno” e lerá poemas de sua lavra, com destaque para textos de seu título mais recente, Ópera de nãos [7Letras, 2015]. Wilson Zara mostrará um repertório que vai além de rótulos como “cantor de barzinho” ou “cover de Raul Seixas”. Seu amplo cardápio musical vai de Arrigo Barnabé a Zé Ramalho, passando por Beatles, Belchior, Bob Dylan, Cesar Teixeira, Fagner, Geraldo Azevedo, Milton Nascimento e Zeca Baleiro, entre outros, além de composições autorais.

O cantor Wilson Zara em foto de seu fb
O cantor Wilson Zara em foto de seu fb

Zara (voz e violão) estará acompanhado de sua banda, formada por Mauro Izzy (contrabaixo), Moisés Profeta (guitarra e efeitos) e Marjone (bateria).

Biografias – Salgado Maranhão (José Salgado Santos) nasceu em Caxias/MA, em 1953. Só aprendeu a ler aos 15 anos. Formado em Comunicação pela PUC/SP, tem vários livros publicados e parcerias gravadas por diversos nomes da MPB. Vive no Rio de Janeiro desde 1973. Lá, em 1978, publicou seu primeiro livro, Ebulição da escrivatura: treze poetas impossíveis. Até hoje publicou outros 11, tendo vencido o Jabuti em 1999 com Mural de ventos. Ano passado foi um dos homenageados da Feira do Livro de São Luís.

Natural de Barra do Corda/MA, Wilson Zara (Wilson Oliveira da Silva) abandonou o curso de Letras e o ofício de bancário para dedicar-se integralmente à música. Apresenta-se regularmente na noite ludovicense, onde vive desde o início dos anos 1990. Anualmente apresenta o espetáculo Tributo a Raul Seixas, em homenagem ao roqueiro baiano. Atualmente percorre o Maranhão com o músico Nosly, nas oficinas de teoria musical aplicada à música popular Trilhas e Tons II.

Autor: zema ribeiro

homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s