Pitomba, hoje, domingo e sempre!

Um lançamento de uma nova edição da revista Pitomba é sempre algo que merece ser noticiado. Seja para saudar os que a fazem, seja para festejar sua insistência, permanência, teimosia, longevidade. Ou os poucos mas fiéis leitores pensam que é fácil fazer uma revista independente no Maranhão, sem os costumeiros apadrinhamentos políticos (o que tiraria a independência da revista) ou o apoio da iniciativa privada, ainda tão tímida para este tipo de empreitada? No fundo, cega, de moralismo, conservadorismo e, às vezes, reacionarismo.

Pitomba, a revista, tem vitaminas contra tudo isso, incluindo as energias e inventividades artísticas e contestadoras de Bruno Azevêdo, Celso Borges e Reuben da Cunha Rocha, os editores, que têm seguido a máxima que eles mesmos gritaram no editorial do número inicial da revista: “quer fazer, faz!”

Pitomba rima com bomba e não à toa esta é sua logomarca. Cada número é uma explosão de alegria, como o é cada festa de lançamento. Hoje no Chico Discos, domingo no Sebo no Chão.

Autor: zema ribeiro

homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s