Tiago Máci no Som Poente de hoje

O cantor, compositor e desenhista Tiago Máci desfila seu talento hoje no Som Poente, projeto interessante recentemente inventado pelo Sesc/MA, cuja edição de estreia levou ao palco Marcos Magah.

Máci é compositor de obra original, embora não se esforce para esconder referências, o que muita gente de nariz empinado e talento inversamente proporcional às vezes procura fazer. Sua Mete o amor, forte, que conheci numa edição do Sebo no Chão, no Cohatrac, alude a Met(amor)fose, de Cesar Teixeira (que desenhado por ele está caricaturado num ímã na porta de minha geladeira), uma referência sua ao lado de nomes como Sérgio Sampaio. Outro dia cheguei à UFMA e lá estava Tiago Máci numa roda, ao violão, com Bigorna no trompete, atacando de Que loucura!, do capixaba.

Seu Samba do Fuleiro é hit na internet e merece sê-lo nas rádios também. Quem ainda não o ouviu nem ouviu falar tem na chance de hoje uma boa pedida.

Autor: Zema Ribeiro

Homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais. Pai do José Antonio. Apresenta o Balaio Cultural (sábados, das 13h às 15h, na Rádio Timbira AM) e o Radioletra (sábados, às 20h45, na Rádio Universidade FM). Coautor de "Chorografia do Maranhão (Pitomba!, 2018). Antifascista.

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s