Nelson Rodrigues relido na Galeria Trapiche

Nelson Rodrigues teria completado 100 anos em 2012, mas o polêmico tricolor não é daqueles autores que carecem de efemérides cheias de zeros para ser lembrado. Sua obra permanece vivíssima, feito raro para quem durante muito tempo escreveu, por exemplo, sobre futebol, esta, apenas uma de suas facetas.

O dramaturgo que mostrou ao país “a vida como ela é”, para desespero de pudicas e censores, continua atualíssimo, em peças que mostram toda a crueza e outras “ezas” humanas. Caso de Morta entre lírios, releitura de Walquíria Almeida para a Valsa nº. 6 rodrigueana, que será encenada na Galeria Trapiche Santo Ângelo, em frente ao finado Circo Cultural da Cidade, serviço completo na imagem abaixo:

Autor: zema ribeiro

homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s