Tradicional Tributo a Raul Seixas acontece amanhã em São Luís

Acontece amanhã (23), às 21h, no Bar do Nelson (Av. Litorânea), mais uma edição do Tributo a Raul Seixas, que completou 24 anos de falecido ontem (21). O show é apresentado anualmente pelo músico Wilson Zara desde 1992.

Nesta edição, ele, que canta e toca violão, será acompanhado por Guilherme Raposo (teclado), Lucas Sobrinho (baixo), Moisés Profeta (guitarra) e Marjone (bateria).

O show terá ainda participações de Louro Seixas e da banda Os Transados, que Zara conheceu em um show apresentado em Santa Inês/MA, em junho passado. Mais precisamente dia 28, quando o ídolo teria completado 68 anos. Os Transados, aliás, começaram a tocar seu repertório após assistir a uma das edições do tributo no Circo da Cidade. “O Circo da Cidade faz toda falta. Não tinha espaço mais adequado que aquele”, protesta Zara.

Com os cabelos sempre longos e quase sempre usando cavanhaque, Zara lembra Raul fisicamente. Mas as semelhanças param por aí. Ou não – como diria outro baiano. Conversando com o blogue, por exemplo, vez por outra deu respostas filosóficas, digamos. “Você filosofou igual ao Raul Seixas agora”, tiro onda.

Mas Zara não procura, no palco, imitar Raul Seixas, esse um diferencial para covers do fã de Elvis Presley e Luiz Gonzaga que existem aos montes pelo país, os que tentam imitar a voz, as vestes e até mesmo a postura irresponsável do artista, incluindo o consumo de álcool e drogas antes, durante e depois das apresentações. Não é o caso. Cover, aliás, é definição que não cabe para o maranhense, que interpreta as canções de Raul a seu modo.

Trabalhador da música, Zara é figura fácil na noite ludovicense, onde toca seis dias por semana, exceto quando está viajando – a trabalho, justamente para tocar noutras praças. Seu repertório é vasto e diversificado. Arrigo Barnabé, Bob Dylan, Erasmo Dibell, Fagner, Milton Nascimento, Roberto Carlos, Zé Geraldo, Zé Ramalho e Zeca Baleiro, entre outros, sempre estão no cardápio musical. “Não é raro chegarem bilhetes pedindo, ou gritos de “Toca Raul!”. Quando rola, a gente atende”, afirma, explicando que o autor de Sociedade Alternativa não é o carro chefe das apresentações que faz em diversas casas ao longo do ano.

Indagado sobre a força que a música de Raul Seixas ainda tem, passados 24 anos de sua morte, Zara vai direto ao ponto: “É a diferença do algodão doce para uma refeição suculenta e nutritiva”, afirma, deixando clara sua opinião sobre a média do que a cena pop tem produzido no Brasil – que as rádios e tevês têm mostrado, para ser mais justo. “De pronto vai todo mundo no algodão doce, depois descobre que a outra coisa é que é a coisa. Um é raso, o outro é profundo; um é bananeira, o outro é pau-d’arco, mogno, é madeira de lei. Um é bijuteria, o outro é ouro mesmo”, filosofa.

Quem já assistiu a alguma edição do tributo, sabe que nunca se trata do mesmo show. “É diferente por que é outro momento. Jamais seria o mesmo. É a água debaixo da ponte: o rio é o mesmo, mas aquela água nunca será a mesma”, filosofa novamente.

Disco antológico de Raul, Krig-Ha, Bandolo! [1973] completa 40 anos

Zara não revela, mas talvez haja uma celebração especial aos 40 anos de Krig-Ha, Bandolo! [1973], a estreia solo de Raul, após discos com Os Panteras [Raulzito e os Panteras, 1968] e com Edy Star, Miriam Batucada e Sérgio Sampaio [Sociedade da Grã-Ordem Kavernista apresenta Sessão das 10, 1971]. O disco, antológico, tem clássicos como Ouro de Tolo, Mosca na Sopa e Metamorfose Ambulante – apenas para não citarmos o repertório inteiro.

Autor: Zema Ribeiro

Homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais. Pai do José Antonio. Apresenta o Balaio Cultural (sábados, das 13h às 15h, na Rádio Timbira AM) e o Radioletra (sábados, às 20h45, na Rádio Universidade FM). Coautor de "Chorografia do Maranhão (Pitomba!, 2018). Antifascista.

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s