Subiu o sambista Valdinar

Faleceu nesta madrugada, aos 48 anos, em decorrência de complicações pulmonares, o sambista Valdinar (foto), do Sindicato de Valdinar.

“São Luís, o Maranhão, enfim, o samba perdeu um grande bamba, sambista este que foi muito importante e que contribuiu de uma maneira incansável para que o movimento do samba chegasse a este patamar, a um nível de valorização que antes não havia, pois Valdinar era do tempo do samba sem grana e sem glória, um dos que resistiu e lutou até seus últimos dias pela bandeira do samba”, declarou o grupo Sindicato do Samba em seu perfil no Facebook, por onde nos alcançou a notícia do falecimento, via Joel Jacinto.

Também na rede social, Leandro Rodrigues afirmou que Valdinar será “eternamente querido pelo público sambista da Ilha”.

O corpo de Valdinar está sendo velado na rua Dagmar Desterro, 453, Bairro de Fátima. O sepultamento acontece amanhã, às 10h, no cemitério J. Câmara, na Estrada de Ribamar.

Autor: Zema Ribeiro

Homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais. Pai do José Antonio. Apresenta o Balaio Cultural (sábados, das 13h às 15h, na Rádio Timbira AM) e o Radioletra (sábados, às 20h45, na Rádio Universidade FM). Coautor de "Chorografia do Maranhão (Pitomba!, 2018). Antifascista.

4 comentários em “Subiu o sambista Valdinar”

diga lá! não precisa concordar com o blogue. comentários grosseiros e/ou anônimos serão apagados

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s