corrigindo falhas (ou tentando)

(ou: o ano finalmente começa)

é quinta-feira (de cinzas). ano passado deixei de escrever sobre muita coisa boa: discos e livros, principalmente. neste primeiro semestre, devo continuar raro: preciso cuidar de minha monografia. não há mais tempo. de julho pra lá devo estar mais tranqüilo. devo.

neste começo de ano — o ano só começa depois do carnaval, não é? — não fiz minha tradicional (nem tão tradicional assim) listinha de “cinco melhores”, “dez melhores” discos do ano passado. uma injustiça, com tanta coisa boa lançada: arnaldo antunes (“ao vivo no estúdio”), tereza cristina (“delicada”), roberta sá (“que belo estranho dia pra se ter alegria”), zé modesto (“xiló”), rubi (“paisagem humana”), chico saldanha (“emaranhado”), lopes bogéa (“balançou no congá”, póstumo) entre muitos outros.

sobre alguns, ainda escreverei (aqui ou em algum veículo que se interesse). além da falta de tempo, o fato de eu ter ficado sem coluna fixa em jornal talvez justifique essas minhas falhas (creiam, caros: uma coluna, mesmo não paga, como quase sempre, acaba me disciplinando).

enfim, aos poucos vamos voltando ao normal. talvez assim pareça, já que não estamos perto. por enquanto, deixo-os com a letra de “duas ilhas” (swami jr. e zeca baleiro), música de “outra praia”, belo disco do primeiro (com participações especiais do segundo, de chico césar, zélia duncan, vanessa da mata & outros), também ótimo lançamento de 2007. é das mais belas coisas que ouvi ano passado (e tenho ouvido este ano).

duas ilhas

a noite é um quadro negro
que ensina mais que a luz
havia virtude em judas
havia vício em jesus

o amor é dente que morde
o ódio é boca banguela
tem nego preso na rua
tem nego solto na cela

debaixo de sete chaves
pode-se guardar segredo
a vela de sete noites
não pode apagar o medo

vê lá
o sol no céu
o céu no seu
olhar no meu
e nós aqui
matando o tempo
gastando as horas
duas ilhas
desperdiçando maravilhas

o hábito faz o monge
o cachimbo a boca torta
palavras querem é vida
mesmo numa língua morta

sapatos para a avenida
casacos para o inverno
ninguém terá paraíso
sem um passeio no inferno

quem canta espanta o mal
e o mal é tudo que tem
quando o amor faz carnaval
o mal desfila de bem



[capa. reprodução. clicando na imagem, você acessa o site de swami jr.; clicando aqui, você acessa o mubi, onde é possível comprar o disco]

Autor: zema ribeiro

homem de vícios antigos, ainda compra livros, discos e jornais

3 comentários em “corrigindo falhas (ou tentando)”

  1. oi, de 2008 ate 2014 e cuasi 2015…demore em escutar a swami jr. lindisimos soms, seus soms fican em mim. mais porque e tan difizio procurar seus discos?. eu moro no Chile mais acá no encontré nada. no queda mais que pegar o violao e tentar reproducir seus soms. (voce podi mi ayudar com letra de outra praia? (portunhol non da pra fazer uma digna interpretacao..jaja…feliz ano novo a todos)

Deixe uma resposta para cristian Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s